Conheça os principais portos do Brasil e os principais dados estatísticos das movimentações de cada um deles

A infraestrutura portuária brasileira é bastante desenvolvida, com importantes instalações dos mais diversificados tamanhos e objetivos, movimentando milhares de toneladas de carga anualmente.

As operações de Comércio Exterior bateram marcas históricas no ano de 2021 com crescimento de 34% em exportações e 38,2% em importações comparando ao ano anterior, mesmo em tempos de crise como estamos vivendo atualmente.

Se você atua na área, conhecer as instalações portuárias do nosso país é sem dúvida um dos precedentes mais importantes para o sucesso das suas operações.

Listamos nesse post os 10 principais portos do Brasil para que você conheça os terminais e a partir disso tenha capacidade para otimizar seus processos e até mesmo reduzir custos a partir de um estudo da nossa equipe.

Se você trabalha com logística, transportes ou Comércio Exterior, fique aqui comigo até o final do artigo, pois, certamente, ao terminar a leitura você terá muito conhecimento útil para aplicar a partir de hoje!

[Infográfico] Principais Portos do Brasil

Entenda em detalhes as principais informações das movimentações dos principais complexos portuários do país

Nossos critérios para ranquear os principais portos do país

A classificação dos portos para essa atualização em 2022 foi realizada a partir do critério de movimentação de carga.

Listamos de acordo com o volume de movimentação os 10 principais Portos do Brasil segundo dados atualizados da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) para as operações do ano de 2021.

Confira a seguir a lista dos 10 principais Portos do Brasil.

Os principais portos do Brasil

Porto de Santos

Sem dúvida o complexo portuário de maior importância tanto histórica quanto econômica para o nosso país é o Porto de Santos.

Localizado no estado de São Paulo, é o maior da América Latina desde sua fundação e responsável pela movimentação de aproximadamente um terço das operações internacionais do Brasil.

Atendendo à indústria mecânica, de materiais de transporte, química, alimentos, bebidas, metalurgia, agroindústria e madeira.

É onde ocorre a maior diversificação de produtos importados e exportados no país, com localização estratégica próximo a capital paulista.

Em constante evolução tanto na questão de infraestrutura quanto de tecnologia, o Porto de Santos conta com uma área que ultrapassa os 7,8 milhões de metros quadrados.

O complexo ainda conta com diversos canais de navegação, terminais e estações de armazenamento de cargas.

No ano de 2021 as movimentações chegaram perto da casa dos 95 milhões de toneladas de carga, representando mais do que o dobro das movimentações do Porto de Itaguaí, segundo colocado no ranking.

O que deixa sem dúvidas, bastante claro a importância para a economia brasileira e o mercado mundial e destaca excelentes resultados até mesmo em tempos de crise.

Porto de Itaguaí

Localizado no sul do estado do Rio de Janeiro e sendo um dos principais polos de exportação de minério, o Porto de Itaguaí tem um potencial enorme para se tornar um dos grandes portos de relações comerciais do Mercosul.

Dispondo de uma área total de cerca de 7,2 milhões de metros quadrados, é uma das melhores referências de integração com o transporte de carga rodoviário e ferroviário.

Com um aumento de mais de 20% nas movimentações comparando com o ano de 2020 o complexo de Itaguaí chegou perto de 45 milhões de toneladas de carga transportadas.

Os setores de atividade econômica mais fortes são os de minério de ferro, produtos siderúrgicos e cargas de containers.

Porto de Paranaguá

Também considerado de grande porte, sendo o segundo maior do Brasil, o Porto de Paranaguá localizado no Paraná, está na terceira posição nas movimentações no ano de 2021.

Com uma área total de aproximadamente 4,2 milhões de metros quadrados juntamente com o Porto de Antonina, dão suporte às movimentações no Paraná, região sul do país.

Os números de Paranaguá estão bem próximos das movimentações realizadas em Itaguaí, com aproximadamente 44 milhões de toneladas de carga deslocadas em 2021.

O segundo maior Porto do país ocupa agora o terceiro lugar em relação a quantidade de carga anual por um declínio de quase 2% das operações comparando com os resultados de 2020.

Atendendo mais de 10 setores de atividade econômica sendo os principais, a agroindústria e madeira, materiais de transporte, alimentos, bebidas e indústrias química e mecânica.

Porto do Itaqui

No estado do Maranhão litoral oeste da Baía de São Marcos, o Porto do Itaqui conta com uma área aproximada de 5,1 milhões de metros quadrados.

Sendo um dos principais portos do nordeste do Brasil, o Itaqui é uma potência em termos de eficiência em modais de transporte devido as ligações entre ferrovias e rodovias com o centro-oeste do país.

No ano de 2021 fora registrados aproximadamente 27 milhões de toneladas de carga deslocadas com um aumente de incríveis 27% comparando com as movimentações do ano de 2020.

O complexo detém records de exportação de soja em quantidades, com forte atuação no setor da agroindústria, estruturas metálicas, máquinas e celulose.

Porto do Rio Grande

Com forte atuação no sul do país e localizado no Rio Grande do Sul, o Porto do Rio Grande é o maior dos três portos organizados do estados.

Tendo em sua área de atuação o estado de Santa Catarina e também países vizinhos como Uruguai, sul do Paraguai e norte da Argentina.

É um dos terminais brasileiros de maior importância nas relações comerciais com os países integrantes do Mercosul.

Em 2021 com um crescimento de mais de 12% nas operações de importação e exportação através do Porto do Rio Grande o complexo chegou a aproximadamente 24 milhões de toneladas de carga deslocadas.

Fazem uso das instalações a agroindústria e madeira, calçados e couro, materiais de transporte e indústrias química e mecânica.

Porto de Suape

Localizado no estado de Pernambuco, o Porto de Suape está conectado aos principais portos do mundo por rotas marítimas de navegação.

Com sua localização privilegiada em relação a proximidade com capitais do Brasil, aeroportos nacionais e internacionais, é um dos principais pontos de embarque e desembarque de cargas do país.

Tem forte atuação no transporte de combustíveis minerais e seus derivados, entre outras cargas líquidas, e é também o porto da região nordeste com maior número de containers transportados.

No ano de 2021 teve um declínio de aproximadamente 14% nas movimentações e por esse motivo ocupa a sexta posição do ranking a partir das operações embarcadas e desembarcadas no porto, tendo deslocado mais de 18 milhões de toneladas de carga.

Porto de Vila do Conde

O primeiro e mais importante porto localizado no estado do Pará, o Porto de Vila do Conde tem a área aproximada de 3,7 milhões de metros quadrados.

Constituído de vias de tráfego de diferentes modais disponíveis para a movimentação de cargas e com um potencial de expansão bastante considerável.

Ocupando a sétima posição a partir de um aumento de mais de 5% nas movimentações o Porto de Vila do Conde deslocou aproximadamente 14 milhões de toneladas de diversos perfis de carga no ano de 2021.

Os principais setores de movimentação de cargas são de minerais e derivados com o maior volume de carga transportada, além de cargas da agroindústria, líquidos, containers e carga viva.

Porto de São Francisco do Sul

Instalado no litoral norte de Santa Catarina, o Porto de São Francisco do Sul está localizado entre diversas cidades com relevância econômica do sul do país e também vizinhos de fronteira, sendo o maior complexo portuário do estado.

Em 2021 foram movimentadas a partir do porto mais de 11 milhões de toneladas de carga com um crescimento de mais de 11% nas operações realizadas em comparação com o ano de 2020.

O destaque em volume para as movimentações são de sólidos agrícolas, minerais, containers e cargas gerais.

Porto de Santarém

Na sequência temos o Porto de Santarém, também localizado no Pará, dispondo de uma área de cerca de 498 mil metros quadrados de território.

O porto conta com boas estruturas de acostagem, píeres, terminais de descarga e armazéns.

No ano de 2021 teve um declínio significativo de quase 30% nas movimentações chegando a mais de 9 milhões de toneladas de carga deslocadas.

Opera cargas gerais, cargas sólidas de vegetais e fertilizantes, cargas líquidas de petróleo e seus derivados.

Porto do Rio de Janeiro

Trata-se de um porto regional do estado do Rio de Janeiro, localizado na costa oeste da Baía de Guanabara.

Com uma área operacional de 1 milhão de metros quadrados, o porto organizado conta com 15 pátios e 18 armazéns por onde passam produtos de metalurgia, materiais de transporte, mineiras e indústrias química e mecânica.

Com destaque para as movimentações do ano de 2021 que cresceram mais de 30% em relação a 2020, o Porto do Rio de Janeiro ocupa a décima posição do ranking com 8,5 milhões de toneladas de carga deslocada.

[Infográfico] Dados estatísticos das movimentações em 2021

infográfico dados estatísticos principais portos do Brasil

Qual é o principal porto do Brasil?

O Porto de Santos se destaca como o principal terminal do país não apenas por ser responsável por movimentar no mínimo 25% das operações de Importação e Exportação do Brasil todos os anos, mas por sua influência e importância histórica.

Fundado oficialmente em 1892 o primeiro Porto Organizado do Brasil, hoje é o maior da América Latina e um canal importantíssimo para a economia dos países do hemisfério sul.

Atualmente o complexo cresce de forma exponencial, tanto em questões de infraestrutura quanto de tecnologia, quebrando ano após ano records de movimentação de carga.

Conclusão

Conhecer algumas particularidades dos terminais portuários por onde partem ou chegam seus embarques podem ser de extrema importância para o sucesso das suas operações.

Muitas vezes é preciso conhecer algumas vantagens oferecidas no estado como incentivos fiscais para otimizar seus processos logísticos e até mesmo gerar grande impacto reduzindo custos.

Os terminais apresentados são apenas alguns dos principais portos do Brasil, entre marítimos e fluviais, com suas características próprias e relevância para determinadas regiões e setores da atividade econômica do nosso país.

Destacamos os principais públicos do Brasil de acordo com o volume de movimentações no ano de 2021 com dados atualizados da ANTAQ e Comex Stats.

Se você recebe ou envia mercadorias por algum desses portos que citamos, ou qualquer outro complexo portuário do Brasil clique aqui agora mesmo para entrar em contato com um dos nossos especialistas e realizar uma cotação de frete rodoviário aduaneiro totalmente gratuita com a Simplifica Fretes.

Atualizado em 01/2022

A virada digital na logística é cada vez mais real no Brasil!

Tendo em vista o impacto da tecnologia no mercado de logística mundial, muitas empresas do Brasil estão aderindo a um modelo mais automatizado, ágil e eficiente para promover a virada de chave na logística das organizações. Se inscreva e comece a dar os primeiros passos rumo à essa transformação!

Há 4 anos no mercado exploramos a tecnologia como um meio para fazer a conexão entre empresas que precisam contratar fretes de forma totalmente descomplicada e transportadoras que oferecem esses tipos de serviços. Garantindo a segurança do transporte, o sucesso da operação e a satisfação das organizações envolvidas.

Funcionamento

Segunda – Sexta: 8:00 – 18:00

Contato

(35) 3214-3060
contato@simplificafretes.com.br
Rua Noruega, 189, Jardim Andere
Varginha – MG, 37006-340